reencontro-com-deus
Reencontro com Deus – 27 a 29 de maio
maio 23, 2011
pentecostes
Pentecostes 2011 – de 03 a 05 de junho
junho 4, 2011

Mateus 9:35-38 – Compaixão é um sentimento de pesar, pena e simpatia para com o sofrimento de outrem, associado ao desejo de confortá-lo, ajudá-lo etc. Compaixão é ser solidário com os que sofrem, é ter misericórdia e fazer alguma coisa para aliviar tal sofrimento. Não é apenas ficar olhando, lamentando, mas sem agir. Jesus, em seu ministério, mostrou compaixão para com aqueles que sofriam, com os enfermos, com os rejeitados e discriminados pela sociedade, com os pobres, com os cegos, com os órfãos, com as viúvas, com os encarcerados pelo pecado etc. Vamos refletir sobre esse tema à luz do texto bíblico em destaque.

I – JESUS DEMONSTROU SUA COMPAIXÃO ENSINANDO

Jesus, o Mestre dos mestres, investiu o Seu tempo ensinando e fazendo da sua própria vida o maior exemplo e testemunho do que Ele ensinava. Ele não era como os mestres da sua época, nem como tantos mestres em nossos dias, que ensinam uma coisa, mas fazem outra completamente diferente. Ele não era um mestre do tipo “Façam o que eu digo, mas não façam o que eu faço”. Jesus sempre ensinou com autoridade e deixava as multidões maravilhadas com as suas doutrinas (Mateus 7:28). Ele ensinou para libertar as pessoas das trevas da ignorância, do engano, da mentira e do pecado. Ele mesmo disse: “E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” (João 8:32). Convidamos você a conhecer mais sobre Jesus, abrindo o seu coração para Ele entrar e te ensinar as Suas verdades que libertam e salvam!

II – JESUS DEMONSTROU SUA COMPAIXÃO PREGANDO O EVANGELHO

Jesus sabia muito bem que a pregação do Evangelho, o anúncio das Boas Novas, mudaria a vida das pessoas para melhor. Onde o Evangelho entra, a situação logo muda, tudo muda, tudo se transforma, as pessoas mudam e mudam para melhor. O Evangelho é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê (Romanos 1:16). Então, pregar o Evangelho se constitui num eficiente ato de misericórdia, compaixão e amor, pois é a única forma de mudar definitivamente a vida das pessoas. E essa mudança ocorre de dentro para fora. A pregação do Evangelho é, portanto, o anúncio da chegada e da instauração de um novo reino, o Reino de Deus! O Evangelho nos diz: É chegado a vós o Reino de Deus! É chegada a oportunidade de mudar de vida, de receber uma nova vida, uma vida em abundância (João 10:10). Você deseja essa nova vida em Cristo?

III – JESUS DEMONSTROU SUA COMPAIXÃO CURANDO OS ENFERMOS

Jesus percorria as cidades, os vilarejos e povoados curando toda sorte de doenças e enfermidades. Ele não suportava ver o povo sofrendo sem recursos terapêuticos, sem médicos, sem hospitais, sem remédios para curar tantos enfermos. Ele se compadecia quando via os leprosos balançando seus sinos, avisando que iriam passar, para que as pessoas se afastassem e quem sabe deixassem alguma esmola. Ele se compadecia ao ver uma mãe sofrendo, chorando pelo seu filho vitimado por alguma enfermidade. Ele se compadecia ao ver os cegos mendigando nas ruas, sem esperança de cura. Ele não suportava ver alguém gastando todos os seus recursos com os médicos que não podiam curá-lo. Jesus é assim, cheio de compaixão para com os que sofrem. Ele não mudou. Continua o mesmo. Você está precisando de Jesus na sua vida?

CONCLUSÃO:

Jesus também se compadeceu daqueles aflitos, exaustos e sem esperança, que eram como “ovelhas que não têm pastor”. Faltava-lhes pastor. Você tem pastor? Quem é o seu pastor? Quando você recebe a Jesus como seu pastor, Ele logo providencia um pastor aqui na terra para cuidar de você. Você deseja ser ovelha de Jesus?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *