Moldados, lapidados, treinados e enviados

Tratando o Fruto do Espírito no discipulado um a um
outubro 9, 2017
Sete características da liderança de Jesus
novembro 3, 2017

Quando Jesus deu a Grande Comissão a seus discípulos, eles sabiam exatamente o que Ele queria dizer. Afinal, Jesus praticamente a demonstrou. Jesus desenvolveu seu próprio grupo de doze homens e os pastoreou por três anos. Naquela atmosfera, os discípulos eram moldados, lapidados, treinados e, então, enviados adiante. Esses mesmos discípulos se tornaram os líderes-chave da Igreja Primitiva.

Jesus não só ministrou com esses discípulos durante os três anos de ministério, mas depois os enviou às casas para estabelecerem igrejas domésticas que se multiplicariam e infiltrariam as comunidades vizinhas (Lucas 9 e 10). Em outras palavras, o ministérios de casa em casa em pequenos grupos era a forma pela qual Jesus fazia discípulos, e ele esperava que seus discípulos fizessem o mesmo. As casas ou apartamentos eram muito pequenos no mundo antigo, e eram lugares de encontro excelentes para fazer discípulos.

Os pequenos grupos ainda são o melhor cenário de treinamento para futuros discípulos. Jose Abaroa, ministro de jovens na Cypress Creek Church em Wimberley, Texas, desafia seus jovens a se tornarem discípulos liderando pequenos grupos chamados Grupos de Comunidade nos campus de Ensino Médio. Ele espera muito de seus jovens, e eles respondem liderando e multiplicando células de jovens. As células no campus se reúnem no horário do almoço por uma hora e meia. Os grupos são dinámicos, divertidos e empoderadores. Os jovens que lideram os grupos crescem mais do que os que apenas os frequentam à medida que são desafiados a confiarem que Jesus vai usá-os. Jose acredita confiantemente que seus estudantes são líderes capazes e que podem ministrar efetivamente a outros estudantes enquanto se tornam discípulos no processo.

Jose também reúne as células de jovens no domingo como uma congregação. “Eles precisam saber que não estaremos lá por eles”, ele me disse. Jose é apaixonado pelo ministério celular porque ele mesmo nasceu de novo e foi discipulado em uma célula da Cypress Creek no campus da Texas State University em San Marcos. Jesus transformou Jose no grupo de comunidade, e ele quer que outras pessoas experimentem Jesus da mesma forma, incluindo os estudantes do Ensino Médio.

Alguns reagem negativamente à palavra “discípulo”, mas o significado original simplesmente quer dizer pupilo ou aprendiz. Depois da ressurreição de Jesus, a palavra discípulo foi ampliada para incluir palavras como crente, santo, cristão, e irmão ou irmã em Cristo. Por quê? Porque depois de Pentecostes, Deus estabeleceu a Igreja, o ajuntamento dos crentes, como o principal lugar onde o discipulado ocorria.

As células de jovens são uma forma emocionante de fazer seguidores de Cristo que são moldados, lapidados e transformados no processo.

Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *