Como pode o amor lançar fora o medo? (1 João 4:18)
julho 9, 2015
É Possível Vencer a Guerra – Efésios 6:10-20
julho 21, 2015

Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, e sim inicamente a que for boa para edificação, conforme a necessidade, e assim transmita graça aos que ouvem.

O Homem Falador

O homem falador é como uma cidade sem murros, a virtude do silêncio consiste, não em cessar o oficio da língua, mas em calar e falar ao seu tempo. Pois é no silencio que ouvimos o sussurar de Deus.A palavra de Deus nos diz:A morte e a vida estão no poder da língua, e aquele que a ama comerá do seu fruto.Pv.18:21.

Quem sai lucrando quando ouve a Deus somos nós mesmos. Pois não há sabedoria e inteligência contra o Senhor Pv.21:30.Murmuração é linguagem das trevas, e nem Deus suportou a murmuração do povo de Israel. A murmuração é um dos males mais terríveis, vai destruindo pouco a pouco o homem até ele ser banido da terra.

 

O Fruto da Murmuração

Satanás tem invertido pesado contra o ser humano para vence-lo. O alvo dele é destruir Jô.10.10.O que fazer ? Olhar firmemente para as escrituras.O que o Senhor fala sobre a lingua, tg 3- É deixar o Senhor controlar o nosso ser, por que não dizer a nossa língua, para podermos jorrar água doce. Pois os murmuradores falam de tudo e de todos.

Os murmuradores estão a serviço de satanás, e de seu reino; para julgar,criticar,ferir e contender contra seu irmão. Como diz Tiago – Suas línguas são chamas de fogo.Deus nos deu a terra para possuirmos por herança, para conquistarmos, mas quem não ouve não sairá do deserto e lá mesmo morrerá Nm.14:29.

Os murmuradores são experts em detectar falhas nos outros.

Deus nos diz:Irmãos,se alguém for surpreendido nalguma falta, vós que sois espirituais,corrigi-o, com o espírito de brandura; e guarda-te para que não sejas também tentado.Levai as cargas uns dos outros, e assim cumprireis a lei de Cristo.Porque se alguém julga ser alguma cousa, não sendo nada, a si mesmo se engana Gl.6:1-3.

Ninguém nasce sabendo murmurar, mas é fácil aprender ,é só se colocar a disposição de satanás. O Senhor nos deu a língua para que? Para celebrarmos sua justiça e seu louvor Sl.35:28. E Davi nos adverte:Refreia a tua língua do mal. Sl.34:13.Quantas guerras aconteceram e acontecem, por causa  da língua, por que o murmurador só trabalha para beneficio próprio. Nada esta bem para o murmurador, nem o culto nem a oração, nem a palavra, nem o irmão, o melhor lugar para o murmurador é o seu reino e sua vontade.
 

Todo murmurador é invejoso

Todo murmurador é invejoso, e se vê como o dono da razão e entendi do seu modo, é uma pessoa amargurada e insatisfeita. Tiago 3:14 nos diz que estas pessoas estão cheias de sentimentos facciosos em seu coração.O povo de Deus deve se vestir com a vestimenta de verdade. Não mentindo para  o próximo. Ser murmurador é uma questão de decisão assim   como servir a Deus é uma questão de caráter.

Aprender a ser filho de Deus

Ser filho de Deus é ser parecido como Ele, é ter caráter, compromisso e acima de tudo ser submisso ao seu senhorio, temer ao Senhor é o principio do  saber. Preciso crer em  Deus e frei-ar minha língua, pois onde há incredulidade não há mover de Deus, não há unção do Espírito Santo, e a minha língua atrai rebelião.Nenhum que seguiu o caminho da rebelião se deu bem , mas todos foram consumidos pela terra, e não entraram na terra prometida.

O murmurador tenta inculcar na cabeça do outro que ele está certo, Foi o que Core tentou fazer com povo contra Moisés, mas quando Deus está a frente não tem ninguém capaz de derrotar o Senhor dos Exércitos. Portanto fazei tudo sem murmuração Fp.2:14.Uma pessoa insensível a palavra de Deus é como uma árvore seca, sem vida, sem frutos, enferma sem água e sem  frescor para a alma. A igreja do Senhor não pode ser murmuradora, ela não sairá do lugar onde está ,não conquistará, nem prosperará.

Murmurar vem do prazer da carne Tg.4:1.

Não julgue a ninguém, e não empreste seu ouvido e nem boca para ser ferramenta do inferno. Efesios diz:Somos um só corpo, e devermos edificar o corpo de Cristo, e não devemos andar na vaidade de nossa mente nem na dureza do nosso coração, para não entristecermos o Espírito Santo,e, antes devemos ser uns para com outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros como Cristo nos perdoou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *