O que será da Família – Gn 1.26-31
maio 9, 2011
reencontro-com-deus
Reencontro com Deus – 27 a 29 de maio
maio 23, 2011

A Oração do Pai Nosso é um dos textos mais belos da Bíblia e provavelmente o mais citado e declamado, mas longe de ser o mais conhecido na profundidade da sua revelação e propósito. Você consegue declamar a Oração do Pai Nosso? Vamos agora orar essa oração.

Todos nós precisamos pedir a Deus, o Pai, que “não nos deixe cair em tentação”, pois todos nós somos tentados e corremos o risco de cair.

I – SOMOS TENTADOS PELA NOSSA CARNE

Todo ser humano trava uma luta com a força da carne. A carne não se inclina para as coisas espirituais, pelo contrário, ela resiste a tudo que for espiritual. Basta que observemos as dificuldades que temos para desenvolvermos qualquer que seja a atividade espiritual. É uma luta nos manter acordados para orar. Travamos uma luta para ler a Bíblia. Fazer um jejum é muito difícil, assim como é uma luta irmos às celebrações na Igreja para adorar a Deus. Como aparecem compromissos e situações as mais variadas que tentam nos impedir de adorar a Deus. A Bíblia nos diz que a carne luta contra o Espírito (Gálatas 5:17).

A carne pode derrubar qualquer cristão que não esteja alerta e vigilante. Que tal sujeitarmos a nossa carne, entregando a nossa vida a Jesus?

II – SOMOS TENTADOS PELA SOCIEDADE EM QUE VIVEMOS

O filósofo ateu Karl Marx (Século XIX), acreditava que o homem é em sua essência, produto do meio em que vive. O “Determinismo” afirmava que o homem é produto do meio, da raça e da cultura. Tudo isso nos aponta para uma grande influência que a sociedade, o mundo exerce sobre nós. Somos, portanto, tentados pelo mundo, mas não somos obrigados a nos acomodar ou a nos render às suas tentações. O apóstolo Paulo nos manda “não nos conformarmos com este mundo, mas transformá-lo” (Rm 12:2).

Jesus nos ensinou que devemos pedir ao Pai que não nos deixe cair em tentação, seja ela qual for, venha ela de onde vier. Você já convidou Jesus para te ajudar a vencer as tentações do mundo?

III – SOMOS TENTADOS PELO MALIGNO

Você já observou como um pai ajuda seu filho a dar os seus primeiros passos? Ele solta as mãos do filho, mas fica sempre bem perto para se a criança tropeçar, ele prontamente ajudá-lo, antes que caia e se machuque. Deus age como um Pai guardando, protegendo e intervindo em favor dos filhos que clamam a Ele. O Salmista nos diz que Deus não deixará que o filho tropece em alguma pedra (Salmo 91:11-16). Satanás, o tentador, a personificação do mal, vive tentando o homem para que ele caia. Mas Deus que é o Todo Poderoso, como Pai, protege Seus filhos do mal e não deixará que eles caiam em tentação.

Com Cristo estamos seguros, guardados e protegidos do mal, do maligno, do tentador. Entregue a sua vida a Jesus e viva seguro!

CONCLUSÃO: Somos tentados pelos nossos próprios desejos, mas ser tentado não é pecado. Porém, se cairmos em tentação, vem o pecado e com o pecado vem o sofrimento, tristeza, decepção, frustração e morte espiritual (Tiago 1:13-15). A nossa oração deve ser “não nos deixe cair em tentação”, e não “não nos deixe ser tentado”.

Você tem enfrentado tentações? Entregue a sua vida a Jesus, segure firme em Sua mão e Ele não te deixará cair em tentação!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *