O que é fé? Hb 11.1; Mc 11.23,24
agosto 4, 2015
O homem que Deus usa – 2 Coríntios 12.7-10
agosto 24, 2015

Estamos confessando sempre que este tempo é um tempo de mudanças, milagres, profecias e restauração. O Senhor tem um propósito para cada vida no Universo.

Nós não podemos viver como a maioria das pessoas: sem saber o que o Criador tem para elas. Jesus, que é o nosso Modelo em tudo, cumpriu a vontade de Deus, decidiu fazer a vontade do Pai e mesmo pedindo para que, se fosse possível, passasse dele o cálice, deixou claro que não era a Sua vontade que deveria prevalecer, mas a vontade do Pai.

O que é Cálice

Cálice significa observar situações diferentes, os momentos transicionais, estar atento para as mudanças. Precisamos compreender onde está esse cálice do Reino de Deus. Ele está representado em nós. Somos os cálices onde Deus vai derramar o vinho novo para transbordar o sobrenatural.

É o tempo do Reino de Deus e da confirmação da aliança. Deus quer nos encher de renovo para bradarmos: Venha o Teu Reino sobre nós e que a Tua vontade seja estabelecida. Você está preparado? É um convite à morte. Não à morte física, mas à morte que devemos ter diariamente, renunciando nossa carne. “Se o grão de trigo caindo na terra não morrer, fica ele só; mas se morrer, dá muito fruto.” (João 12:24).

Somos o cálice do Reino onde o Senhor derrama Seu vinho. É uma aliança entre o homem e Deus. É um convite muito pouco compreendido, apesar de ser uma chamada para que a vida do Pai nos tome completamente.

O Cálice do Reino é um convite à mudança

O cálice do Reino é o convite de Deus à mudança na Igreja. A primeira vez que o cálice do Reino de Deus aparece é em Gêneses 14:18-20 para Abraão.

Abraão é chamado a uma mudança quando recebe a visita de Melquisedeque, é chamado a uma transformação de caráter no sobrenatural. “Ora, Melquisedeque, rei de Salém, trouxe pão e vinho; pois era sacerdote do Deus Altíssimo; e abençoou a Abrão, dizendo: bendito seja Abrão pelo Deus Altíssimo, o Criador dos céus e da terra!

E bendito seja o Deus Altíssimo, que entregou os teus inimigos nas tuas mãos! E Abrão deu-lhe o dízimo de tudo.”  E esse chamado de mudança é através do nosso Senhor Jesus Cristo.

O cálice do Reino é um convite à fé

O cálice do Reino é também um convite à fé. O Senhor quer fazer uma aliança de fé e de fidelidade. Fé e fidelidade caminham uma com a outra.

O cálice do Reino é uma unção específica, que traz uma unção de conquista. Participar do cálice do Reino é participar de conquistas de si mesmo, de território, de uma nova atitude, nova maneira de pensar e agir, uma conquista de identidade.

É receber a mente de Cristo, a unção da comunhão que está relacionada entre o Deus de Israel e as pessoas, comunhão com as famílias e entre as famílias.

Conclusão: Nossa família precisa estar envolvida no mover do Senhor. Precisamos trazer esse cálice para nossa família, para que ela experimente desse mover tremendo. Um dia Davi disse: “Tomarei o cálice da salvação, e invocarei o nome do Senhor.” (Salmos 116:13). Quando recusamos beber do cálice de Deus, bebemos do cálice do inimigo. Se você não bebe do cálice da vida, bebe do cálice da morte. Se você não bebe do cálice da vitória, você bebe do cálice da derrota. Porém, hoje Yeshua o convida a beber do cálice da vida. É só aceitar Ele como seu Senhor e Salvador de sua vida. Você quer isso? Oraremos por você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *