Relatório Online
julho 22, 2013
O Cristão e a Mordomia – Mateus 25:29
julho 25, 2013

Quantas vezes já fomos feridos e/ou ferimos pessoas… Qtas amizades e relacionamentos que não existem mais por desentendimentos ocorridos, que por falta de coragem, de arrependimento ou de vontade mesmo deixamos que a reconciliação não aconteça.

Muitas pessoas cobram satisfação e retratação para que isso aconteça, mas será que isso é o certo? Será que isso é o primeiro passo a dar para que a reconciliação aconteça? Isso é o verdadeiro amor que Deus nos ensinou? Isso é a Graça que recebemos e vivemos?

O Nosso Senhor Jesus Cristo disse em Mt 10.8 “Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça dai.”

O que é Graça? O que recebemos de Graça? 

Graça é um dom gratuito e sobrenatural dado por Deus para conceder à humanidade todos os bens necessários à sua existência e à sua salvação. Esta dádiva é motivada unicamente pela misericórdia e amor de Deus à humanidade,logo, movida por Sua iniciativa própria, ainda que seja em resposta a algum pedido a Ele dirigido. E também por esta razão, a Graça é um favor imerecido pelo Homem, fruto da misericórdia e amor divinos.

Graça de Deus

A graça divina deriva do latim gratiis, que significa pelas graças ou gratuitamente. Através da graça Deus nos concede amor, restauração e salvação. Essa dádiva é dirigida a todos os seres humanos, por vontade única e exclusiva de Deus, GRATUITAMENTE.

No âmbito da teologia, graça consiste no dom sobrenatural, concedido por Deus como meio de salvação.

No cristianismo, graça é o dom gratuito de Deus ao homem num encontro transformante em que a criatura humana é restaurada. Através da graça, Deus confere ao homem a participação na vida divina fazendo-o Seu filho adotivo. Perdida a amizade de Deus pelo pecado, a sua recuperação é feita pelo arrependimento genuíno dos pecados e aceitação do sacrifício de Jesus. Ninguém é salvo sem receber a graça de Deus. A salvação é pela graça, o que significa que é gratuita, e é algo que não podemos alcançar pelos nossos próprios esforços.

Então a Graça de Deus envolve 4 coisas muito importanteS que não podem andar desvinculadas: AMOR, ARREPENDIMENTO, PERDÃO E SALVAÇÃO.

Tito 2.11-15 Porque a graça de Deus se manifestou salvadora a todos os homens. Ela nos ensina a renunciar à impiedade e às paixões mundanas e a viver de maneira sensata, justa e piedosa nesta era presente, enquanto aguardamos a bendita esperança: a gloriosa manifestação de nosso grande Deus e Salvador, Jesus Cristo. Ele se entregou por nós a fim de nos remir de toda a maldade e purificar para si mesmo um povo particularmente seu, dedicado à prática de boas obras. É isso que voçê deve ensinar, exortando-os e repreendendo-os com toda a autoridade. Ninguém o despreze.

João 3:16-18- Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus.

E SE TEMOS QUE DAR DE GRAÇA O QUE RECEBEMOS DE GRAÇA (Mt 10:8), então essa GRAÇA DIVINA precisa necessariamente ocorrer da vertical para a horizontal, pois é Dom de DEUS… E a Graça q recebemos é Jesus Cristo e é a Ele que devemos receber e refletir em nós e nas pessoas, pq Jesus Cristo é a personificação da Graça de Deus, ou seja do amor, do perdão e da salvação divina. É Jesus Cristo que devemos receber, refletir e viver!!!

Então pq vc não consegue perdoar? Pq vc não consegue se arrepender e deixar aquele pecado de estimação? Pq vc insiste em resistir ao seu chamado e em não fazer discípulos para o Senhor Jesus? Pq foi a Ele que recebemos, a Graça de Deus, que devemos retribuir de graça apresentando-lhe e dando aos nossos irmãos, refletindo as mesmas atitudes d’Ele.

Embora consigamos compreender o significado desta palavra, a maioria das pessoas não concebe a sua prática. Por isso, quando recebem alguma benção de Deus logo imaginam o que poderiam ter feito para alcançar tal graça.

Na verdade não fizeram nada, Deus deu de graça.

A graça de Deus é movida pelo seu amor incondicional a cada um de nós, Ele nos abençoa sem querer nada em troca e isso precisa ser nosso modo de viver e isso nós precisamos dar de graça aos nossos irmãos e não reter ela somente em nós.

A graça divina, também significa a presença e o amor de Deus em Jesus Cristo, que é concedida a cada um de nós, através do Espírito Santo de Deus. 

Através desta outra faceta da graça divina, Deus nos capacita para seguir seus mandamentos e compreender a sua real vontade. É através dessa graça, portanto, que Deus transforma, purifica e santifica o pecador, ou seja, é através dessa graça que Deus nos transforma, nos purifica e nos santifica de todo pecado. (Jo 8  – e conhecereis a verdade e a verdade vos libertará… e se o Filho do Homem vos libertar, verdadeiramente sereis livres…)

Significa que, onde há graça (presença de Deus), não há pecado, pois a graça divina o santifica, pois onde o pecado abundou, superabundou a graça [presença de Deus] (Rm 5:20)

Não importa o quanto erramos nessa vida, não importa qtos e qtas vezes erraram contra nós, Deus  ama a todos como somos e, justamente, por conta desse amor, Ele tem graça em abundância para nos dar, operando em nós uma mudança genuína, nos redirecionando para os caminhos que Ele mesmo preparou para trilharmos. Um caminho de Paz e não de tribulação.

Não se engane, força de vontade apenas nos proporciona mudanças momentâneas. Somente através da graça de Deus é possível haver definitiva transformação e restauração de caráter.

Então pare de tentar resolver sozinho aquilo que cabe apenas a Deus resolver. Pq a vingança é do Senhor, assim diz sua Palavra.

Preocupe-se com sua parte, se colocar aos pés de Deus com as mãos bem abertas para receber e desfrutar da maravilhosa graça de Deus. Somente assim é possível superar o pecado, superar a dor, transformar o caráter e converter o coração.

Deus sempre perdoa os que confessam os seus pecados e os deixam (Pv 28.13; 1Jo 1.9). Pelo arrependimento, o homem desamarra-se dos seus pecados e dos laços do Diabo (2 Tm 2.25,26). A Bíblia diz: “Tu perdoaste a maldade do meu pecado” (Sl 32.5). Os pecados são apagados pelo arrependimento (At 3.19).

Conclusão: Receba e viva a Graça de DEus, seja restaurado, seja perdoado, liberto e receba a Paz do Senhor, receba o Principe da Paz que é nosso Senhor Jesus Cristo. Reflita Jesus Cristo, viva a vida de Jesus Cristo como Ele viveu, ame, perdoe, busque a reconciliação, seja com quem for. Glorifiquemos a Deus com nossos atos, vivendo sua Graça. Amém….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *